Versão em Português English Version
Associação de Educação Financeira do Brasil

YouTube Vimeo Facebook Twitter

Associação de Educação Financeira do Brasil

Projeto visa levar educação financeira às comunidades atingidas por rompimento da barragem de Fundão

Iniciativa é resultado de parceria entre a AEF-Brasil e a Fundação Renova e consiste em capacitar assistentes sociais, professores e técnicos da educação para orientar a comunidade planejar a vida financeira

São Paulo, setembro de 2019 – Profissionais de assistência social e da educação de municípios que foram atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Minas Gerais, vem participando de oficinas de educação financeira, com o objetivo de orientar os beneficiários sobre planejamento financeiro e gestão de finanças pessoais. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Associação de Educação Financeira do Brasil – AEF-Brasil, que cumpre a importante missão de levar educação financeira à população brasileira, e da Fundação Renova, entidade responsável pela mobilização para a reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem em 2015, na região de Mariana.

Ao todo, profissionais de 35 municípios da bacia do rio Doce passarão pela capacitação, que já foi realizada nas cidades de Ipaba, Barra Longa, Caratinga, Mariana, Rio Doce, Rio Casca, Santana do Paraíso, Resplendor, Itueta, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Pingo D’Água, Santa Cruz do Escalvado, Fernandes Tourinho e Aimorés. Mais de 730 técnicos da assistência social, professores e técnicos da educação participaram das capacitações.

“Depois do que aconteceu em Mariana, toda a cidade e seu entorno tiveram que passar por uma reparação e nesse contexto a educação financeira, mais do que nunca, se apresenta como um instrumento importante para a reconstrução dessa comunidade de maneira mais planejada e consciente”, comenta Claudia Forte, superintendente da AEF-Brasil.

“A proposta das oficinas de educação financeira é uma ação que surgiu da articulação do Programa de Proteção Social com o Programa de Indenização Mediada, a partir da perspectiva de indenização assistida, a fim de orientar às famílias atingidas sobre planejamento financeiro no processo de retomada de suas atividades”, conta Glaziane Silva, analista do Programa de Proteção Social e Saúde da Fundação Renova.

As oficinas acontecem em um importante momento como forma de restruturação para que as famílias tenham um comportamento financeiro mais adequado, consigam planejar suas finanças pessoas e fiquem longe do endividamento.

“A palestra trouxe informações que não tínhamos, no sentido de orientarmos nossos alunos e seus familiares sobre como desenvolver uma relação equilibrada com o dinheiro e tomar decisões acertadas a respeito de finanças e consumo”, afirmou Luiz Carlos, professor de matemática na Escola Estadual Emília Cabral Mota, em Ipaba.

“Muitas das famílias que atendemos são vulneráveis e não sabem lidar com seus recursos e benefícios. Por isso, ao ter acessos a essas informações da oficina, eles poderão gerir melhor suas finanças e melhorar a qualidade das suas vidas”, afirma Marcelina Coutinho, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Rio Casca.

Sobre a AEF-Brasil e a ENEF

A AEF-Brasil – Associação de Educação Financeira do Brasil é uma OSCIP criada para executar a Estratégia Nacional de Educação Financeira – ENEF, uma política pública lançada em 2010, com a finalidade de disseminar a educação financeira junto à população. Seu principal foco de atuação é a promoção e fortalecimento da causa da educação financeira em todo o país.

A Instituição desenvolve tecnologias educacionais e sociais que visam despertar no cidadão brasileiro um comportamento financeiro saudável e consciente. Entre os projetos de destaque estão os programas de educação financeira voltados a crianças e jovens dos Ensinos Fundamental e Médio, além de projetos com foco em adultos que beneficiam, sobretudo, mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família e idosos com renda de até dois salários mínimos. O programa voltado ao Ensino Médio, por exemplo, já foi aplicado em escolas de cinco Estados e no Distrito Federal e, de acordo com avaliação do Banco Mundial, gerou um aumento da capacidade dos jovens de adotar práticas financeiras mais conscientes.

A AEF-Brasil é mantida por quatro importantes instituições do sistema financeiro nacional: ANBIMA – Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais; B3– Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros; CNSEG – Confederação Nacional de Seguros Privados e FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar, com autonomia técnica, administrativa e financeira, os programas e ações de reparação e compensação socioeconômica e socioambiental para recuperar, remediar e reparar os impactos gerados a partir do rompimento da Barragem de Fundão, com transparência, legitimidade e senso de urgência.

A Fundação foi estabelecida por meio de um Termo de Transação e Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas, Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016. 


Associação de Educação Financeira do Brasil
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1461 – 2º Andar/ Conjunto 21 – Torre Sul – Jardim Paulistano – São Paulo (SP) - CEP 01452-002
Tel. + 55 (11) 3186 6982
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.